Vida noturna em Bangkok

Bangkok é uma cidade imensa e maravilhosa, com mil opções para todos os gostos. Nossas escolhas noturnas foram direcionadas preferencialmente para lugares onde pudéssemos observar e viver a cultura local. Mas além destas opções que testamos, ainda existem muitas outras que não tivemos tempo para conferir, como os rooftop bars com vistas deslumbrantes da cidade, boates, bares, restaurantes, shoppings centers.

Muay Thai – Rajadamnern Stadium

O Muay Thai é o esporte mais popular da Tailândia. Uma verdadeira paixão nacional. E é possível sentir essa paixão no estádio! Fomos em um dia aleatório, e tivemos a sorte de assistir a luta de um dos grandes ídolos do Muay Thai. O estágio estava lotado de torcedores fanáticos, torcendo e fazendo apostas, uma experiência maravilhosa!

IMG_5101

IMG_5064

A música que embala as lutas é tocada ao vivo com instrumentos rudimentares, realmente uma arte, muito bonito de observar. Além da luta em si, e da música, outro espetáculo é a torcida, que faz apostas e vibra a cada golpe.

IMG_5156.JPG
Torcida concentrada no Muay Thai

No site do estádio Rajadamnern tem informação dos dias e horários de luta. Achei os ingressos bem caros para os padrões da Tailândia, onde tudo é bem barato. Pagamos cerca de 150 reais cada um pelo ingresso na segunda classe, e era onde estavam todos os tailandeses. O lugar era perfeito, na mesma altura do ringue, a menos de 5 metros de distância. A primeira classe (200 reais) fica colada no ringue, mas no nível inferior, e era composta 100% por turistas. E os de terceira classe (100 reais) ficam muito distantes, atrás de uma grade, e acredito que a visibilidade não seja boa, quase ninguém estava lá.

20161218_202129
Tomando um chopp no Muay Thai
IMG_5165
Segunda classe – excelente escolha

 

Chinatown

O bairro dos imigrantes chineses em Bangkok é colorido, aromático e frenético. A rua principal é repleta de lojas com os inconfundíveis letreiros luminosos chineses, barracas de comida de rua, e gente. Muita gente! Percorremos uns 4 quarteiros observando e comendo tudo que aparecesse na frente!!!!

IMG_4855.JPG
Chinatown de Bangkok

A noite as ruas são tomadas por barracas de comida de rua, e os turistas se misturam aos locais.

IMG_4871.JPG
Comida de rua na Chinatown de Bangkok

Tem todo tipo de comida: espetinhos de insetos, frutos do mar frescos, barracas de noodles, pad thai, guioza, sobremesas coloridas e frutas.

As lojinhas em volta vendem insetos desidratados, peixes e lulas secos, e vários outros produtos curiosos.

Na minha opinião, a Chinatown de Bangkok é uma atração imperdível!!! Foi lá que vimos uma das cenas mais divertidas da viagem, um casal de noivos fotografando no meio daquela muvuca toda!

IMG_4879.JPG
Amor eterno aos noivos da Chinatown!

Khao San Road e Rambuttri

A Khao San Road é uma rua super badalada, cheia de gringos, com música vindo de todos os bares, com um ambiente muito descontraído, frequentada predominantemente pelos jovens e solteiros. No nosso caso, um casal trintão cansado de tanto bater perna, a rua de trás, Rambuttri, agradou mais! A Rambuttri é repleta de restaurantes charmosíssimos, e depois de fazer uma massagem nos pés, escolhemos o Green House para jantar.

IMG_5247
Green House, um dos charmosos restaurantes da rua Rambuttri

Larb Bpet Yasothon – ลาบเป็ดยโสธร สีลมซอย9

Chegamos no fim da tarde em Bangkok, e resolvemos passear nos arredores do nosso hotel, que ficava no bairro Silom. Tinha pegado a dica do Larb Bpet Yasothon no guia de Bangkok do Melhores Destinos, e achava que seria um restaurante. Na verdade é uma grande barraca de comida de rua. Como era o primeiro dia, ficamos com medo de ousar e ganhar uma dor de barriga, e escolhemos (na mímica) um peixe frito inteiro, que estava divino!

20161216_194725.jpg
Peixe frito inteiro e Leo Beer no Larb Bpet Yasothon

Patpong

Do Larb Bpet Yasothon, seguimos a pé para o Patpong, um dos 3 red light districts da cidade. Os outros dois são o Nana Plaza e o Soi Cowboy. O Patpong é uma rua cheia de bares com moças dançando em cima dos balcões, um lugar bastante pitoresco.

IMG_4472.JPG
Patpong – não fotografei as dançarinas, pois não sabia se era permitido!

Talvez em algum daqueles bares tivesse apresentações de ping pong show, mas resolvemos não arriscar. Existe um documentário chamado Capitais do Delito (tem no Netflix), onde o episódio de Bangkok mostra os golpes mais comuns aos turistas. Um deles é a cobrança de valores abusivos, mediante extorsão, quando o turista tenta ir embora do ping pong show. Também encontrei relatos de brasileiros que não tiveram problema nenhum, mas preferimos poupar nossos Bahts neste primeiro dia da viagem!

Por fim, vou deixar um mapa com a localização dos lugares deste post!

Até mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: