Zoológico de Luján e bar El Federal – Buenos Aires

A minha primeira viagem solo foi para a Argentina. Acho bem engraçado escrever sobre ela 4 anos depois, porque estou vendo os erros e acertos, e percebendo como amadureci como pessoa e como viajante desde essa estreia como roteirista de viagem! Errei demais: câmera ruim, fotos péssimas, escolhas contestáveis como o Zoo de Luján, dias demais em Buenos Aires (ficamos uma semana inteira sem nem uma esticadinha ao Uruguai). Mas acertei também: me diverti horrores!

Chegamos a noite, e fazia um frio daqueles que ribeirão pretano não tem roupa para suportar. Ficamos hospedados no Hotel La Perla, um 3 estrelas honesto, com funcionários simpáticos e solícitos, bom café da manhã, bem ao lado do metrô. Fizemos check in e fomos ao Puerto Madero, onde jantamos e seguimos ao Casino Flotante, um Casino que funciona dentro de um imenso barco ancorado no porto.

dsc03847
Não ficamos ricos dessa vez.

No dia seguinte, pegamos o ônibus Atlântida 57 na praça Miserere, bem em frente ao nosso hotel, e seguimos para a província de Luján. Chegando na rodoviária de Luján, pegamos outro ônibus até o zoológico. Bem fácil, é só seguir o fluxo.

Compramos o bilhete na entrada, e pacotinhos com ração. O Zoológico parece uma fazenda. Logo na entrada tem um cercado onde ficam cavalos, cabras e ovelhas. Estes nós podemos alimentar com a ração comprada na entrada, e podemos pegar os filhotes.

dsc03766
A felicidade da criança segurando a ovelha bebê.

Já com os felinos, aguardamos em uma fila enquanto ouvimos orientações dos tratadores. Quando chega nossa vez, podemos tocá-los e tirar fotos. Os animais eram todos gordinhos, com a pelagem viçosa e brilhante, pareciam bem alimentados e sem doenças, e os tratadores eram bem gentis. Os grandes felinos tem horário restrito, ficam poucas horas disponíveis para fotos, logo após uma grande refeição, e estão ainda bem sonolentos. Não vimos nada que indicasse maus tratos.

dsc03681
O leão sonolento.

Chegamos bem cedo e pegamos as filas bem pequenas, mas quando começaram a chegar as excursões, o zoológico lotou e as filas ficaram gigantescas. Menores de 16 anos não podem entrar nas jaulas, isso é um detalhe importante para quem está planejando a viagem com crianças!

Na época eu fiquei maravilhada, é muito impressionante estar ao lado de um animal tão lindo. Se fosse hoje, talvez não iria mais. O coração aperta de vê-los confinados.

dsc03697

O zoológico também tem duas elefantas, podemos oferecer bananas e tirar fotos com elas, além de macacos, aves e um urso.

dsc03733

Saindo do zoo, pegamos um ônibus de volta a Buenos Aires, tomamos um banho e seguimos para o bar El Federal, que eu amei demais!

dsc03839
O que dizer de um bar aberto desde 1856? Sucesso!

É o restaurante mais antigo em funcionamento em Buenos Aires! Pedimos uma porção não me lembro do que, mas estava boa! Tinha muitos locais no bar, e poucos turistas, e isso quase sempre indica que o local é bom, barato e autêntico! Nos chamou a atenção uma senhorinha bem idosa, que sentou no balcão e prontamente o garçom lhe trouxe um chá e uma fatia de bolo, já sabendo qual era o seu pedido. Fiquei com a impressão que ela repetia aquele ritual há 30 anos!

4 comentários em “Zoológico de Luján e bar El Federal – Buenos Aires

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: